sábado, 1 de novembro de 2014

Ela tem uma intensidade que transborda pelos olhos. Algo que não cabe nem dentro dela mesma, e isso vez ou outra chega a ser assustador. Ela é extrema e sincera demais. É o tipo de garota que guarda um milhão de segredos e ainda assim consegue ser um livro aberto. Ela tem uma beleza admirável e nem imagina. Ela expõe o que sente, sem medo sabe? Quando quer algo se joga de cabeça mesmo, e isso é o que eu considero o defeito e a qualidade dela. Os olhos dela me assustam as vezes. Eles expressam força e ao mesmo tempo vulnerabilidade. Ela é tipo aqueles cubos mágicos cara. São irritantes, estressantes, interessantes e com certeza mágicos. É uma mistura de paranoias e sonhos que eu nunca vou entender. Ela é mulher, é menina, é meu sonho e pesadelo, tudo em uma só. E isso me assusta, me confunde, me dá medo. Num segundo eu penso que se machuca-la vai ser como arrancar as pétalas de uma flor, noutro eu tenho certeza de que se isso acontecer é ela quem vai me destruir. Eu odeio isso nela! Odeio nunca saber o que ela está pensando ao certo. 
As vezes ela me ama e eu tenho certeza disso, e as vezes ela fica em silencio me castigando com seu suave desprezo.







kaya scodelario | Tumblr

Nenhum comentário:

Postar um comentário