segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Ter me deixado levar pela tua fala mansa pode me custar caro um dia, mas neste exato momento eu não me importo. E sem me importar venho cometendo loucuras depois que você apareceu. Olhar teus olhos é como um pequeno suicídio. Eles tem a cor do mar, e eu ainda não aprendi a nadar. Mas por você eu me afogo todos os dias. Me afogo em esperanças, me afogo em incertezas, me afogo em sorrisos, me afogo em loucuras, me afogo em sonhos, me afogo em você até você desejar se afogar em mim também.






Nenhum comentário:

Postar um comentário