segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Você trouxe cor pra minha vida cinzenta. Você me faz sentir vontade de sorrir o tempo todo. Você me trouxe paz, liberdade, esperança e frio na barriga. Você foi o calor que me descongelou. Você me fez acreditar. Com você as coisas são leves, bonitas e simples. Você trouxe poesia pra dentro de mim. Fez meu coração acelerar, minhas pernas tremerem, minhas mãos suarem e minhas bochechas corarem. Com você posso ser eu mesma... Chata, desastrada, indecisa, palhaça, sincera. Você me faz sentir como se pudesse voar. Me faz ter vontade de dançar na chuva e cantarolar no chuveiro. És minha inovação, minha criatividade adormecida, minhas madrugadas em claro, minha noite de céu estrelado. És meu riso frouxo, meu maior segredo, a novidade do meu diário. És o sonho inacabado, o desejo, o plano. Você está nas musicas, nas frases, nos textos e nas virgulas. És meu ponto final, meu paragrafo e meu travessão. És meu grito silencioso, minha felicidade contida, meu momento fotografado. É o motivo da minha queda livre e das minhas horas iguais. É minha ansiedade e minha saudade. Você está nos meus versos, nas minhas poesias sem rimas, e secretamente nas minhas conversas. Você é a razão de eu não saber o que estou sentindo, ou o medo de saber exatamente o que é. É o que eu ando carregando do lado esquerdo do peito.






Nenhum comentário:

Postar um comentário