sexta-feira, 30 de maio de 2014

Sabe quando bate aquele desanimo? Aquela vontadinha de jogar tudo para o alto e ir embora, ir pra bem longe de tudo e todos sem malas, sem pesos, sem tristezas. Estou com vontade de me transformar num novo eu, quem sabe até trocar de nome. Quero me sentir viva, me sentir bem, recomeçar do zero e tentar fazer dar certo. Cansei de ver as coisas desabarem, cansei de estruturas fracas, de coisas dando errado o tempo todo. Cansei da felicidade que resolveu não bater mais na minha porta. Provavelmente até ela foi tirar férias em outro lugar, e é bem capaz que ela esteja esperando o "novo eu" em algum lugar do mundo.
Quero sair daqui. Desabitar essa pele cheia de cicatrizes e ir pra um lugar tranquilo, que não me faça lembrar a dor o tempo inteiro. Quero deitar a cabeça no travesseiro e descansar, não ficar pensando em todas as possibilidades certas do que deu errado. Cansei de ser cicatriz, cansei de sentir dor, cansei da solidão, do frio que sinto por dentro, cansei de me sentir apagada, eu quero brilhar. Quero brilhar pra pessoas que se importem! Pessoas que notem meu riso frouxo, e os inúmeros sentimentos do meu olhar. Eu cansei disso aqui, quero me mudar pra longe, sem despedida, sem lágrimas falsas ou desejos de "boa sorte" da boca fora... Eu só quero ir sem olhar pra trás. 


- K. Santiago.


Divergent | via Tumblr

Nenhum comentário:

Postar um comentário