quinta-feira, 1 de maio de 2014

Porque abraços curam...

Encarecidamente eu lhe peço um abraço... Um abraço para todas as dores não curadas, para todas as feridas abertas, todas as lagrimas derramadas. Um abraço para cada amigo que foi embora, cada 'eu te amo' não dito, cada parente distante. Lhe peço um abraço por cada madrugada em claro, por todos os pensamentos negativos e por todas as vezes que pensei em desistir. Um abraço daqueles bem apertados para todas as despedidas de ultima hora, pelo coração partido e os planos que só ficaram nos papeis. Peço um abraço aconchegante por todas as vezes que quis gritar e não pude, por todos os textos escritos e não lidos, por cada tentativa falha de seguir em frente. Um abraço, um misero abraço por todos os sorrisos falsos, por cada murro em ponta de faca e por todas as tentativas desesperadas de ser amada por alguém. Peço-lhe um abraço sincero por todas as vezes que cai sem ter ninguém para me segurar, por todas as decepções, por todas as partidas, por todas as traições, por todos os abandonos. Eu quero um abraço por todas as coisas pelas quais fui desafiada a passar. Um abraço e nada mais. 


- Karyne Santiago.


♡

Nenhum comentário:

Postar um comentário