quarta-feira, 7 de maio de 2014

Be happy! Be happy?

O que significa felicidade pra você?
Nós crescemos ouvindo nossos pais falarem o quão felizes ficaram quando nascemos, quando demos os primeiros passos, quando falamos a nossa primeira palavra. Crescemos mais um pouco e descobrimos que ganhar presentes nos deixa felizes. Quem aqui nunca surtou de felicidade por ganhar a boneca que queria ou aquele carrinho super caro de controle remoto? O tempo passa, a vida ensina, formamos nossos primeiros conceitos, criamos as nossas próprias opiniões, fazemos dramas, birras, nos tornamos rebeldes sem causa, nos apaixonamos, nos apaixonamos por alguém que não gosta da gente, sofremos e idealizamos a tal da felicidade, mas em nenhum momento estamos certos sobre o que ela realmente é. 
Alguns dizem que ela é simples de se conquistar, porém seres humanos não são tão simples, outros dizem que ela é momentânea, e alguns outros se arriscam em dizer que felicidade se conquista. Não cabe a mim dizer o certo ou errado, mas confesso que estou no grupo da galera da "felicidade momentânea". 
Não acredito que ao longo da vida, com nossos inúmeros atos de bondade, e dividas com a tristeza conseguimos um dia conquistar a tão querida felicidade, e também não acredito que a felicidade seja tão simples, a final, ninguém sabe o que é ao certo essa coisa que tanto buscamos. Ela pode ser um abraço apertado, um aumento no salario, um emprego bom. Ela pode estar em um dia com os amigos, em uma reunião em família, numa festa. Ela pode estar presente em inúmeros momentos e coisas diferentes, depende do que desejamos e do que achamos que nos deixa feliz. Ela é um remedinho que cura a tristeza que tomamos vez ou outra, que não é obrigatório. É aquela vitamina C da vida. As vezes acontece quando algo que idealizamos se realiza, outras vezes acontece por acaso, como quando você olha para o por do sol num dia comum. 
A felicidade é sorrateira, tímida, medrosa... Ela gosta de chegar de mansinho, de nos marcar com seu ato bravio de aparecer quando menos esperamos. Não adianta procura-la, não adianta viver a vida em pró de uma busca sem fim. Ela não está em algo concreto, não pode ser tocada nem vista, não é constante. Ela chega e vai embora quando quer. Assim como quando chega ela vai embora quando menos você esperar. 
Não existe uma explicação fixa sobre o que é esse sentimento confuso e eufórico. A minha ideia de felicidade sempre será diferente da sua, porque assim como a dor, a felicidade é individual. Mas ainda assim eu lhe pergunto: o que significa felicidade pra você? E qual o espaço que ela ocupa em sua vida? 


- Karyne Santiago.



.

Nenhum comentário:

Postar um comentário