quarta-feira, 7 de maio de 2014

A vida me trouxe coisas novas. Eu descobri o verdadeiro valor da amizade, aprendi a ser forte por mim mesma, a me amar. Descobri que as coisas simples são lindas, e que todo erro tem perdão. Me encontrei no meio da bagunça em que me deixou um dia. E apesar de ouvir o tempo inteiro que parei a minha vida por sua causa eu bato o pé discordando. Eu aprendi a viver sem você, porém, prefiro a minha vida ao seu lado.
Eu aprendi como me completar sozinha, mas quero transbordar com você, porque por mais estranho que isso pareça, te amar me faz alguém melhor, me faz ter fé em mim mesma e me faz querer lutar as minhas batalhas. Mas como diria Roberto Carlos, eu ainda preciso me fazer feliz.
Você já deve ter cansado de me ouvir falando que mudou a minha vida, mas eu não me canso de dizer. Você tem uma parte de mim que ninguém mais pode ter, viu um lado meu que ninguém nunca havia visto. Foi a razão da minha paz por muito tempo em meio a minha guerra interior.
Eu confesso que gostaria de adormecer novamente em teus braços, de fechar os olhos, respirar fundo e sentir teu perfume enquanto ouço as batidas rápidas do teu coração... Eu quero amanhecer ao teu redor. E apenas insisto em lhe dizer essas coisas pelo medo de que o tempo nos afaste ainda mais. Depois da sua partida, passei tempo demais bagunçada, deixando a vida pra depois e me arrependo disso. Me arrependo de não ter lutado por nós dois enquanto ainda era tempo. Mas ainda assim eu te peço... Vem.


- Nem sei se gosto mais de mim ou de você, Karyne Santiago.


. | via Tumblr

Nenhum comentário:

Postar um comentário