domingo, 27 de abril de 2014

E novamente eu criei expectativas sobre determinado assunto e me decepcionei. Passei o dia na cama me perguntando quantas vezes terei que quebrar a cara para ver o quão errada estou seguindo por esse caminho torto e difícil. É uma tortura pra mim retirar cada enorme pedra que há nesta estrada sem fim, mas eu continuo tentando, eu continuo empurrando as pedras, mas só agora me dei conta de que faço isso sem ajuda, que percorro essa estrada perigosa sozinha, me arriscando por uma coisa que não tem mais jeito, me entregando numa caminhada que não irá acabar nunca. Me esgotando de cansaço, decepção e solidão. 
É incrível o poder que uma unica pessoa tem sobre você, e mais incrível ainda não poder controlar isso. Seria ótimo traçar um caminho novo e seguir em frente sem dar a minima para o que ficou jogado no caminho, mas seria fácil e uma coisa que eu aprendi no ultimo ano é que a vida não facilita nada. Então eu continuo percorrendo o caminho com obstáculos, continuo quebrando a cara, continuo correndo essa maratona sem fim e perdendo a noção de todos os meus limites, me achando indestrutível novamente para segundos depois ver que nunca estive tão frágil. 
Gostaria de saber até quando vou ser estupida o suficiente pra continuar amando por dois. 


- Karyne Santiago.



Untitled

Nenhum comentário:

Postar um comentário