sexta-feira, 14 de março de 2014

Desamor: Você sempre será a minha pessoa certa.

Ainda não entendo sua partida. Eu acreditava tanto no que você sentia por mim.
Algum escritor, não me recordo agora qual, diz em um texto que quando for  a pessoa certa nós saberemos. Que quando a pessoa disser "você é bonita" vamos acreditar, que vamos confiar no amor que essa pessoa sente pela gente. E maldito texto esse em que tanto confiei todos esses anos, já que todos os caminhos sempre me levaram a mesma resposta: VOCÊ!
Eu sempre senti que me amava, sempre confiei nisso e você foi a unica pessoa no mundo que me fez sentir o que era ser amada. E confiei tanto nesse amor que fui traída por ele, quando um certo dia ele se cansou de ser amor e desistiu de mim.
Confesso que até hoje não entra na minha cabeça a metamorfose dos sentimentos entre a gente. Fomos de um extremo ao outro em uma velocidade recorde. Fui de "mulher da sua vida" para "mulher desprezível" em poucos dias e olha que até onde eu sei não cometi erro tamanho para essa denominação.
Sinto muito por ter imposto o suposto "amor" em "desamor" tão rápido. O desamor entrou na história de intrometido... Até porque, você sempre foi a minha pessoa certa e quanto se trata da pessoa certa o desamor não existe.


- Karyne Santiago.


 gifs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário