sábado, 21 de dezembro de 2013

Cresci ouvindo minha mãe dizer que nem tudo acontece como planejamos e se um dia eu tivesse dado ouvidos a esse bendito ditado, talvez muita coisa seria diferente.
Crescemos planejando milhões de coisas como ganhar um brinquedo legal no dia das crianças ou encontrar o alguém ideal para criar uma família. Planejamos cada minimo passo que daremos, nos antecipamos e vivemos com aquela tal expectativa. E me desculpem pelo termo, mas são essas malditas expectativas que "fodem" o nosso interior. Quantas vezes planejou por algo e não aconteceu? Quantas vezes você imaginou que aquele era alguém certo? Quantas e quantas vezes esperou por aquele brinquedo perfeito e só ganhou um par de meias brancas?
Alguns arriscam a dizer que aceitamos o que achamos que merecemos, mas eu discordo. Muitos dos meus planos tiveram mudanças, não por aceitação minha, mas por não ser uma opinião que dependesse apenas de mim. Eu mereço mais do que recebo, mereço mais que planos jogados foras, desamores e pares de meia ao invés do brinquedo, mereço, e espero por mais, mas a frustração logo toma conta quando descubro que entre eu e você a discordâncias de merecimento. 
Você acha que eu mereço um estupido par de meias, enquanto eu espero receber o meu brinquedo perfeito. E em toda essa historia adivinha quem acabará infeliz?


- Maldito par de meias, Karyne Santiago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário