sexta-feira, 14 de junho de 2013

Os tiros cessaram. Agora estou vivendo a calmaria. Vez ou outra alguém atira pra cima pra assustar, mas isso perto de tudo que eu vivi é tão 'fraco' que não me abala. Estou andando com cuidado pelos destroços da batalha. O silencio chega a enlouquecer. Meus atiradores ainda não baixaram as armas, mas acho que o coração de todos nós está mais tranquilo agora. Caminhando sobre todas as lembranças e planos quebrados e estilhaçados no chão eu finalmente me sinto melhor. Nada de lagrimas, de dor, de remorso. Só não chegou ao fim ainda por alguns assuntos pendentes. Mas em breve estaremos baixando as armas, tirando as armaduras, enlouquecendo com o silencio, aproveitando a calmaria e com toda certeza comemorando a NOSSA vitória. 

- Calmaria, Karyne Santiago.



Nenhum comentário:

Postar um comentário