sábado, 23 de março de 2013

Um trecho de "Encontros&Desencontros"

Passamos apressados pelas pessoas na pista de dança, eu arrastava Nick pela gravata indo de encontro as escadas. 
- Aonde nós vamos Mel? – ele perguntou enquanto descíamos as escadas as pressas.
Terminando as escadas sai correndo para corredor do hall vazio. Encostei Nick na parede e o beijei com volúpia. Meu coração estava tão acelerado que conseguia ouvi-lo bater. Nick me empurrou contra a outra parede ainda me beijando. Nossos corpos estavam queimando e a adrenalina nos fazendo agir como dois adolescentes. 



Parei de beija-lo e saímos do salão. O vento frio bateu no meu rosto me fazendo arrepiar. Eu ri olhando pra Nick, ele apertou minha mãe e descemos correndo pela escadaria sendo fotografados e ignorando as perguntas dos paparazzi.
- Pra onde vocês estão indo? – um fotógrafo perguntou tentando nos acompanhar.
Nós passamos correndo de mãos dadas. Eu segurando a ponta do meu vestido para não tropeçar e atravessando as ruas sem olhar para os lados, numa gargalhada infinita com Nick.
Quem passava pela gente nos encarava e tentava entender porque corríamos com roupas de festa pelas ruas de NY rindo como se aquilo fosse à coisa mais engraçada do mundo. Mas ninguém conseguia entender que éramos apenas dois loucos e apaixonados tentando fugir de nós mesmos e aproveitar os momentos bons. Até mesmo Romeu e Julieta nos invejariam, afinal ao contrario da historia deles, a nossa teria um final feliz.
Parei com Nick na entrada do Central Park, tirei as sandálias, voltei a segurar o vestido e sai correndo em disparada para dentro do parque, Nick corria atrás de mim gritando que iria me pegar. O parque estava claro e movimentado. Sai correndo pela grama sem parar, com o cabelo esvoaçando no vento, as sandálias presa dos dedos que seguravam a ponta do vestido. 



Quando Nick conseguiu finalmente me alcançar estava com a gravata solta em volta do pescoço, o paletó aberto e os três primeiros botões da camisa também. Suas bochechas estavam vermelhas por causa do vendo frio e da longa corrida até ali. Suas mãos seguraram minha cintura e me fizeram virar pra ele com agilidade. Nossas respirações descontroladas eram percebidas durando os risos e a batida dos nossos corações era ouvida de longe fazendo uma bela melodia. Soltei o vestido e abracei Nick o beijando entre o riso. Seus lábios estavam gelados, mas continuavam macios como sempre. 
- Vão ficar preocupados com a gente! – ele disse depois do beijo. 
- Somos maiores de idade... E com certeza os seguranças vão dizer que saímos correndo. – sorrindo. 
- Sinto como se estivesse acabado de me apaixonar de você novamente! – ele disse enquanto voltávamos a caminhar. 
- Às vezes a gente precisa inovar... – sorrindo, olhando pra grama. 
- Eu gosto de inovar com você! – ele falou segurando minha mão para o alto e me rodopiando. 



Parei de frente pra ele e ele me puxou pela cintura. Nossos rostos estavam tão próximos que podia sentir seu hálito doce e quente.
- Eu não quero ir pra casa... – falei num sussurro.
- Eu também não. – ele disse fechando os olhos.
- Eu quero passar a noite aqui com você... – fechando os olhos e encostando os lábios nos dele.




Um comentário: