sábado, 23 de junho de 2012

E agora? Me responde, o que eu vou fazer agora? Estou aqui, num quarto escuro, passando por uma tempestade de pensamentos, com o sangue escorrendo dos meus pulsos. Mesmo trancada nesse quarto me sinto cercada de olhares, todos eles sobre mim, me observando minuciosamente, esperando pelo meu próximo erro. O pior disso tudo é nem tenho certeza de qual foi o meu erro, se é que errei... Mais, pensando bem, talvez o meu erro tenha sido ser um livro aberto diante de ti quando pra mim você era um livro trancado a sete chaves... Ou sei lá, talvez o erro tenha sido confiar em você a ponto de botar as minhas mãos no fogo ... Fogo esse que me queimou... Me queimou por eu ter arriscado demais, e confiado demais. E que queimadura feia... Me levou tantas coisas, tantos sentimentos... Me levou até mesmo o sangue que corria pelas minhas veias. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário