quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Eu tenho andado perdida. Não sei explicar direito como isso aconteceu, só sei que aconteceu. Perdi o brilho. Vivo numa imensa escuridão e sinto dores. Sim, tudo dói. Principalmente o meu coração. Tenho reclamado das pessoas e de suas mudanças, mas não havia percebido que até eu mudei. Perdi a alegria, perdi a esperança, perdi as forças e a vontade de lutar. Minhas reticencias estão quase chegando ao ponto final. É como uma famosa peça de teatro chegando ao fim. As minhas cortinas estão quase se fechando, e  quando as luzes se apagarem estarei sozinha. Só eu e Deus pra seguir um rumo que ainda não tem historia. Estou tomada por medos, tenho medo de perder, medo de mudar, medo de viver nessa escuridão. Mas lentamente vou seguindo em frente, levando na bagagem dores, lágrimas, saudades, lembranças e medo. Se eu cair, tentarei levantar sozinha, se eu errar o caminho, Deus pode me colocar no rumo certo, se eu chorar, esse choro será como a chuva, que serve para lavar o mundo das impurezas. Aprendi que quando se tem problemas você tem que encarar, se dar por derrotado antes mesmo da guerra começar é para os fracos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário